Trabalho Final de Conclusão de Curso

14/06/2016 21:37

Dinâmica do Trabalho

ATENÇÃO!

            Vamos misturar alguns modismos religiosos, dogmas de igrejas, falsas doutrinas (heresias), falha de interpretação, doutrinas bíblicas para o nosso tempo e verdades de Deus todas juntas em frases afirmativas.

            Os irmãos terão que nos explicar se essas são verdadeiras ou falsas mediante claro, a Palavra de Deus, porém usando em todas elas princípios de Hermenêutica entendido? Sejam as doutrinas apresentadas verdadeiras ou falsas é necessário “provar” usando uma ou mais de uma regra de interpretação que aprendemos no decorrer do curso.

            Ficou claro? Leia com atenção novamente!

Doutrina 1           

Em João 8:3-11 a Bíblia nos narra a passagem da mulher que foi apanhada em adultério e levada até Jesus.

O versículo 6 diz: ... Mas Jesus, inclinando-se, escrevia com o dedo na terra.

Questão: Alguns teólogos dizem que neste momento Jesus escrevia no chão os pecados dos Escribas e Fariseus. Eles lendo, não tiveram coragem de apedrejar a mulher.

Pergunta: Essa doutrina pode ser tida como verdadeira? Justifique usando os princípios de interpretação bíblica aprendidos.

 

Doutrina 2

Questão: Algumas igrejas permitem grupos de “Hip-Hop Gospel”, fazem “Arraía Gospel”, “Balada Gospel” e afirmam: - “Na nossa igreja é assim, é melhor esses jovens fazendo isso na igreja do que no mundo”.

Pergunta: Essas igrejas estão biblicamente corretas? Existe algum princípio aprendido no curso que apoie ou não essa prática dentro das igrejas?

 

Doutrina 3

Questão: Hoje, não por regra, mas celebramos a Santa Ceia do Senhor uma vez por mês em nossas igrejas correto? (1 Coríntios 11:17-34)

Pergunta: A cerimônia da Santa Ceia é para ser celebrada em nossos dias ou foi somente para o tempo dos apóstolos? Prove se sim ou se não mediante a Palavra de Deus e princípios de interpretação aprendidos durante o curso.

 

Doutrina 4

Questão: A doutrina do Santo Dízimo é pregada em cima do livro de Malaquias, mais precisamente no capítulo 3 e versículos de 8 a 11 correto?

Perguntas:

1 – Roubamos a Deus quando não dizimamos? (v. 8)

2 – Somos amaldiçoados quando não dizimamos? (v. 9)

3 – A casa do tesouro é a igreja? (v. 10)

4 – Quem não dizima é atacado por um devorador? (v. 11)

5 – Devorador é um espírito maligno (demônio) como é pregado? (v. 11)

            Justifique sua resposta utilizando de princípios de interpretação bíblica aprendidos no nosso treinamento.

 

Doutrina 5

Questão: Objetos “ungidos” sendo distribuídos nas igrejas, exemplos: - Rosa, Cajado de Moisés, lodo, pasta de figo, lenços, sabonete, sal, suco da uva representando o sangue de Jesus e muitos outros. Hoje vemos muitos lideres argumentando e pregando o seguinte:

- Os objetos servem para despertar a fé nas pessoas.

- O que interessa é que eu levei o objeto “ungido” e a pessoa foi realmente curada.

- Paulo em Atos 19:11-12 distribuiu suas vestes e ele mesmo (Paulo) nos disse para sermos imitadores de dele assim como ele era de Cristo (1 Coríntios 4:16 / 1 Coríntios 11:1).

- O próprio Jesus fez lodo para passar nos olhos do cego (João 9:6), isso não deixa de ser um ponto de contato?

- Foi assim com a pasta de figo de Isaías relatado em 2 Reis 20:7.

Pergunta: Então queridos Defensores da Fé... Como a Hermenêutica pode nos ajudar neste sentido a fim de confirmar a veracidade dessas informações ou negá-las. Orem, pensem, concentrem-se e responda.

 

Doutrina 6

Tomemos como exemplo os Católicos Romanos:

Questões:

- Eles rezam pedindo que os santos da igreja como a Aparecida que intercedam a Deus por eles;

- Batizam crianças;

- Tomam a hóstia;

- Não comem carne na quaresma e;

- Fazem o sinal da cruz em seus cultos e principalmente quando passam defronte às suas igrejas.

            Eles afirmam: Tudo isso é a tradição e os sacramentais de nossa igreja que devemos seguir.

Pergunta: Isso é correto? Há algum princípio de interpretação bíblica que apóie essa prática ou algum que demonstre teologicamente que eles estão errados? Justifique.

 

Doutrina 7

Questão: Porque tantas pessoas estudiosas, pós-graduados, mestres e doutores em suas respectivas áreas e até mesmo grandes filósofos não conseguem entender e interpretar o âmago da mensagem expressa na Palavra de Deus?

Pergunta: A que se deve esse fato principalmente? Porque o estudo secular não dá base para entenderem as verdades de Deus e transformarem suas vidas?

 

Doutrina 8

Aparentes “contradições” na Bíblia...

Questão: Muito estranho o fato da Bíblia se contradizer não é? Veja isso:

Números 23:19

19 Deus não é homem, para que minta; nem filho de homem, para que se arrependa; porventura, diria ele e não o faria? Ou falaria e não o confirmaria?

            Aqui a Palavra nos diz que Deus não é filho de homem, para que se arrependa correto?

Mas veja o que diz em:

1 Samuel 15:35

35 E nunca mais viu Samuel a Saul até ao dia da sua morte; porque Samuel teve dó de Saul. E o SENHOR se arrependeu de que pusera a Saul rei sobre Israel.

            Já aqui Ela afirma que o Senhor se arrependera de ter colocado Saul como rei sobre Israel.

Pergunta: Como pode isso, seria a Bíblia contraditória de maneira tão clara? Existe alguma forma de atenuar ou testar a veracidade desta informação tão explicita na Palavra de Deus? Justifique!

 

Doutrina 9

Questão: Um líder chega para a igreja e afirma: - Irmãos! Vamos fazer um voto com Deus de uma semana de jejum e, nesses sete dias iremos orar no monte, pois lá Deus falou comigo grandiosamente e é no monte que estamos mais próximos de Deus.

Pergunta: Esse referido líder está correto? Apesar de colhermos bênçãos com esse processo de santificação, ele tem base transformar um voto pessoal em doutrina para a igreja como sendo uma maneira especial de ser abençoado pelo fato de Deus ter falado com a ele em especial? Justifique utilizando princípios universalmente aceitos de interpretação bíblica.

___________________________________________________________________________

- Os irmãos têm até terça-feira dia 21 de Junho para resolverem as questões.
- As respostas deverão ser enviadas por e-mail.
- Se terminarem antes pode nos enviar e, se quiserem, podemos marcar uma conversa via Whatasapp.
- Após recebimento e correção, postaremos seus devidos e merecidos os certificados.
- Por fim, postaremos os formandos no site.
- Faremosas correções via aúdio do Whatasapp.
 
Estou à inteira disposição para demais esclarecimentos
 
Fiquem na paz de Cristo.

 

Irmão Fábio – Seu tutor pela infinita misericórdia de Deus!

 

Princípios

“O primeiro dever de um intérprete é permitir que o autor diga o que realmente ele diz, ao invés de lhe atribuir o que pensamos que deveria dizer”.

“Não é a igreja que determina o que as escrituras ensinam; pelo contrário, são as escrituras que determinam o que a igreja deve ensinar”.

“As Escrituras devem ser entendidas gramaticalmente antes de serem entendias teologicamente, e que a mesma tem apenas um simples e determinado sentido”.

Princípios de Interpretação Bíblica

Estude a Bíblia Sagrada partindo do pressuposto de que ela é a autoridade suprema em questão de religião, fé e doutrina.

Não se esqueça de que é a Bíblia é a melhor intérprete de si mesma; Isto é: a Bíblia interpreta a Bíblia.

Dependa da fé salvadora e do Espírito Santo para a compreensão e interpretação da Escritura.

Interprete a experiência pessoal à luz da Escritura e não a Escritura a luz da sua experiência pessoal.

Os exemplos bíblicos só têm autoridade prática quando amparados por uma ordem que os faça mandamento universal.

Princípios Gramaticais de Interpretação Bíblica

A escritura tem somente um sentido, e deve ser tomado literalmente.

As palavras do texto bíblico devem ser interpretadas no sentido que tinham no tempo do autor.

As palavras do texto bíblico devem ser interpretadas em relação à sua sentença e ao seu contexto.

Quando um objeto inanimado é usado para descrever um ser vivo, a proposição pode ser considerada figurada.

As principais partes e figuras de uma parábola representam certas realidades. Considere essas principais partes e figuras somente quando estiver tirando conclusões.

Princípios Históricos de Interpretação Bíblica

Uma palavra nunca é compreendida completamente até que se possa entendê-la como palavra viva, isto é, originada na alma do autor.

É impossível entender um autor e interpretar corretamente suas palavras sem que ele seja visto à luz de suas circunstâncias históricas.

Uma vez que as Escrituras se originam de modo histórico, elas devem ser interpretadas a luz da história.

Embora a revelação de Deus nas Escrituras seja progressiva tanto o Antigo Testamento como o Novo são partes essenciais desta revelação e formam uma unidade.

Os fatos ou acontecimentos históricos se tornam símbolos de verdades espirituais, somente se as Escrituras assim designarem.

Princípios Teológicos de Interpretação

Você precisa compreender gramaticalmente a Bíblia, antes de compreendê-la teologicamente.

Uma doutrina não pode ser considerada bíblica, a menos que se resuma e inclua tudo o que a Escritura diz sobre ela.

Quando parecer que duas doutrinas ensinadas da Bíblia são contraditórias, aceite ambas como sendo escriturísticas, crendo confiantemente que elas se explicarão dentro de uma unidade mais elevada.

Um ensinamento simplesmente implícito na Escritura pode ser considerado bíblico quando uma comparação de passagens correlatas o apoia.

 

Deus os abençoe sempre no Nome de Jesus!


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!